Anamolias da Visão

Os olhos que enxergam normalmente e com clareza são chamados de emetropes. Mas tudo isso que acabamos de ver não acontece em todos os mais de 6 bilhões de pessoas no mundo. A maioria das pessoas tem problemas na visão e muitas não exergam nada. O que acontece com a visão dessas pessoas?
Essas pessoas possuem anomalias na visão, que são diferente de doenças (que veremos mais adiante, como a catarata, glaucoma e etc.) Vamos falar sobre as principais: Miopia, Hipermetropia e Astigmatismo.
É uma anomalia da visão que consiste em um alongamento do globo ocular.
Nesse caso há um afastamento da retina em relação ao cristalino, fazendo que a imagem seja formada antes da retina, tornando-a não nítida.
Para o míope, o ponto próximo, que é o ponto onde a imagem é nítida está a uma distância finita, maior ou menor, conforme o grau da miopia.
O míope tem grandes dificuldades de enxergar objetos distantes.
A correção da miopia é feita comumente com a utilização de lentes divergentes. Ela fornece de, de um objeto impróprio, uma imagem virtual no ponto remoto do olho. Esta imagem se comporta como objeto para o cristalino, produzindo uma imagem final real exatamente sobre a retina. Como podemos ver na imagem abaixo.

Na hipermetropia, há uma condição inversa da miopia, em que os raios de luz são focalizados após a retina. A hipermetropia mais comum é a axial, que se caracteriza pelo olho ser menor do que o normal. O hipermétrope vê melhor os objetos distantes, pois a imagem de objetos próximos é formada além da retina, fazendo com que aquelas imagens não sejam formadas com nitidez. Pode-se observar que quem tem este problema costuma colocar o jornal a certa distancia para poder  lê-lo.

A correção desse defeito é possível através da utilização de uma lente convergente. Tal lente convergente deve fornecer, de um objeto real, situado em um ponto próximo do olho, uma imagem que se comporta como objeto real para o olho, dando uma imagem final nítida.

No astigmatismo, o defeito é causado pela refração diferencial dos raios de luz. A córnea normal é um segmento perfeito, como uma esfera. A córnea de um astigmata apresenta diferentes raios em sua curvatura, em um lugar de um ponto focal, existirão dois, e por isso o individuo não conseguirá focalizar simultaneamente num mesmo plano, tudo o que se vê. Os astigmáticos geralmente queixam-se de dor de cabeça, dores constantes no globo ocular, sensação de peso e queimação dos olhos. A correção é feita com a utilização de lentes cilíndricas capazes de compensar tais diferenças entre os raios de curvatura.

Exitem também outras anomalias, como: presbiopia e estrabismo.
Na presbiopia, a pessoa tem sempre a sensação de vista cansada e isso acontece por causa do relaxamento dos músculos, com o envelhecimento da pessoa.
O estrabismo (chamado popularmente como ‘’vesgo’’) é quando há um desvio no eixo dos olhos, um defeito no paralelismo dos olhos. Essa anomalia pode ser corrigida com o uso de lentes prismáticas.

About olhohumano

Você quer dar uma olhada em como o seus olhos veem o mundo? Você veio ao lugar certo! Fica de olho!
This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s